Proibida de participar de licitações publica por causa de fraude, empresa acusada de fraude possui contrato com a UFBA

Destaques Política

Após ser impedido de participar de licitações publicas através da Portaria nº 43 de 15 de fevereiro de 2019, por falsificação de documentos no Pregão Eletrônico Nº 48/2017, a empresa USIBANK SOLUÇÕES AMBIENTAIS E UNIDADE DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS TÉRMICOS LTDA ME sofre novas denúncias. A Portaria de impedimento assinada pelo diretor Geral da Câmara dos Deputados em Brasília, o Srº Sérgio Sampaio Contreiras de Almeida deveria não só impedir que novos contratos fossem assinados pela referia empresa, bem como cancelar contratos vigentes, os quais foram ganhos de maneira ilícita.

Seguindo esta prerrogativa, a Reitoria da UFBA – Universidade Federal da Bahia, a qual possui um contrato vigente, após receber denuncia, abriu processo interno para apuração de suposta fraude. A ação protocolada no dia 30 de maio de 2019, às 15h16min pelo Gabinete do Reitor, gerou o processo de Nº 23066.028035/2019-62.  

A reportagem do www.imprensananet.com entrou em contato com o reitor da UFBA para obter informação sobre os procedimentos de investigação, entretanto, não obtivemos êxito. Também tentamos contato co o Srº Helder, pessoa na qual segundo Portaria da Assembléia Legislativa teria assinado as documentações falsas, mais também não obtivemos sucesso.

O Imprensananet.com, no intuito de promover o livre debate, oferece às partes o direito de argumentar sobre os fatos acima relatados. Desta forma, disponibiliza espaço para que tanto a UFBA, quanto o representante das empresas USIBANK e EXACT, o Srº Helder possam se pronunciarem.  

Fonte: Imprensananet.com

Por – Paulo Lima / CidadeAgoranews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *